10 Dos E Don'ts De Gravidez Fitness

Preocupado com o que você pode e não pode adicionar à sua rotina de exercícios de gravidez? Nós estamos aqui para ajudar

Exercício durante a gravidez não é apenas seguro, é recomendado também. Contanto que você saiba os limites do seu corpo e o que não vai prejudicar o seu bebê, isso é realmente benéfico. Ajudará o seu corpo a voltar à sua forma anterior ao bebé, pensa-se que é bom para o seu bebé e pode facilitar o seu trabalho de parto. Tome nota dos nossos prós e contras, para que você saiba o caminho certo para se manter em forma e saudável.

1. Procure aconselhamento médico

Antes de inscrever-se em qualquer aula ou ingressar em uma academia, verifique com seu médico sobre quais formas de exercício são mais seguras para você. Se você está com complicações na gravidez ou está esperando um parto múltiplo, a quantidade e o tipo de exercício recomendados podem diferir dos de outra pessoa. Também dependerá se você estava correndo maratonas ou se esforçando para subir as escadas antes da gravidez.

2. adapte-se

Se você é pré-bebê, você se orgulha de ser um pouco atleta, então talvez seja necessário retardar sua rotina agora que está grávida. Também é uma boa ideia adaptar o seu regime à medida que a gravidez avança. No segundo e terceiro trimestres, é aconselhável que você não faça exercícios que envolvam você deitada de costas, pois o peso do bebê pode restringir o fluxo sangüíneo. "No primeiro trimestre, você pode continuar com exercícios de maior impacto, como jogging e aeróbica, desde que isso seja algo que você já esteja fazendo", diz a especialista em gravidez e pós-natal Joanna Helcké. "Se você é novo no exercício, prefira andar e nadar ao invés de praticar novas formas de exercício." No segundo e terceiro trimestres, aconselha-se o exercício sem impacto. ‘Andar a pé, aulas de educação infantil e gravidez especializada As aulas de Pilates são ótimas opções’, aconselha Joanna. "Seu saldo durante o terceiro trimestre também será afetado e você deve estar ciente disso durante o exercício - por isso, não há tentativas de realizar atos de equilíbrio!"

3. Não prenda a respiração

Muitas vezes, no meio da ioga, você percebe que está prendendo a respiração sem perceber - o que não é recomendado quando você está grávida. "Prender a respiração ao realizar exercícios não é bom para o bebê e coloca pressão no assoalho pélvico", diz Joanna. Durante o exercício, adquira o hábito de se concentrar na respiração constante e profunda. Inspire para que seu estômago suba e desça, não apenas o peito.

4. Fortalecer seu núcleo

É uma boa ideia fortalecer seu núcleo para ajudar a sustentar sua coluna enquanto seu bebê cresce. Você pode usar exercícios de respiração profunda para fazer isso. Você também deve se concentrar em construir o seu peito, costas, ombros e bíceps suavemente - você precisará de força nessas áreas para pegar seu bebê quando ele estiver aqui. Verdadeiro treinamento de múmia.

5. Não deite de costas

Embora seja correto fazer exercícios deitado de costas na primeira parte da gravidez, depois de atingir o limite de 16 semanas, é melhor evitá-lo. O peso do seu bebê após este ponto colocará pressão na sua coluna e no vaso sanguíneo da veia cava que transporta oxigênio para o coração. Sempre certifique-se de ir para aulas de ginástica administradas por um professor qualificado em fitness pós-natal.

6. Faça hidrato

Beba água antes, durante e após o exercício. "A água transporta nutrientes através do sangue para o bebê e também ajuda a prevenir alguns problemas comuns da gravidez, como hemorróidas e constipação, além de ajudar a prevenir a desidratação", diz Joanna. Tome um gole e beba um copo de água a cada meia hora durante o exercício e pelo menos um copo antes e depois.

7. Faça exercícios para o assoalho pélvico

Os exercícios do assoalho pélvico são muito importantes durante a gravidez. Eles manterão toda a sua área pélvica forte e ajudarão a prevenir possíveis problemas de incontinência depois que você der à luz. Além disso, é um esforço mínimo. "Faça exercícios rápidos e lentos no assoalho pélvico todos os dias, pelo menos três vezes ao dia ... para sempre!", Aconselha Joanna.

8. Não pratique esportes de alto impacto

Enquanto um bom nível de condicionamento físico é recomendado durante a gravidez, existem alguns esportes que devem ser evitados. Esportes de contato como kickboxing, judô e squash devem ser ignorados até que seu bebê chegue para evitar o risco de ser atingido, assim como exercícios onde você pode cair, como andar a cavalo. Em vez disso, manter exercícios mais leves como correr ou andar de energia ou se inscrever para algumas aulas de fitness gravidez profissionalmente.

9. Não exagere

Se você se sentir cansado e sobrecarregado, reduza o tempo que você está exercitando todos os dias e mude para exercícios de baixo impacto, como caminhadas, ioga e natação. "À medida que você cresce, você se sente mais sem fôlego - nunca se force a superar esse sentimento", diz Joanna. Uma boa regra é certificar-se de que você ainda pode falar durante o exercício.

10. Economize energia para o grande dia em si!

Você precisará de muita energia para o trabalho em si, portanto, durante as últimas duas semanas da gravidez, pode reduzir a quantidade de tempo que você faz exercício e a quantidade de tempo em que está descansando.Mas tente e (gentilmente) mantenha os exercícios do assoalho pélvico. Quais são as suas melhores dicas de fitness na gravidez? Deixe-nos saber abaixo.

Dê-Nos A Sua Opinião